12 de novembro de 2016

O pescador que afundou!

12 de novembro de 2016

  Fim da tarde... uma noite começa... mas, espere um momento... o que vejo?
  Quem é aquele na beira do mar?
  Que multidão é aquela? Será que... será que é...Ele?
  Sim, é Ele... o Mestre dos mestre... Ele... não posso acreditar... mas, espere um pouco...
  Por que essas pessoas que estavam com Ele, estão entrando no meu barco?
  Por que Ele não está vindo também?
  Onde Ele vai?
  Vamos... vamos... volte...
  Tenho que partir... volte...
  Por que vai para em direção do monte?
  Por que não voltou?
  Bem... vamos lá... vamos atravessar esse mar...
...algumas horas depois...
...já fazem horas que sai daquele lado do mar... Por que Ele não veio?
  E agora...  esse vento está ficando forte... essas ondas estão maiores...
...a tempestade está formada...
 Mas o que é aquilo no meio do mar???
  "Um fantasma... um fantasma... corram..." - alguém grita no meio do barco.
  Corri para ver e quando olhei para o mar, não acreditei. Realmente tinha alguém lá.
  Mas será mesmo um fastasma?
  Olhe... um dos pescadores está saindo do barco...
Por que ele está saindo? O barco é o local mais seguro... será que ele não vê isso?
  Mas, espere... ele está por cima da água???
  Ele está andando por cima da água... inacreditável... e olhe... não é um fantasma... é  Ele...
  Sim, Ele está andando por cima da água e está chamando esse pescador...
  Mas, por que o pescador parou?
  Não, não olhe pros lados... não olhe... Ele está afundando... alguém socorra ele...
  Ufa... o Mestre dos mestres segurou ele... agora Ele está com o pescador em seus braços...
  Olhe... trouxe ele para meu barco...
Ele subiu no barco... olhem... a tempestade parou na hora que Ele subiu...
 Quem é esse que parou a tempestade? Quem é esse Mestre dos mestres que anda por cima do mar?
  Preciso saber...
Uma pequena referência ao texto bíblico de Mateus 14:22-33

11 de novembro de 2016

Cuidados com seu instrumento - Sopro

11 de novembro de 2016

 Limpeza de instrumentos de sopro(Saxofone, Flauta, Trompete, etc.)


  Para a limpeza do instrumento muitos são os detalhes e produtos específicos para serem usados. A limpeza é importantíssima para o aproveitamento do instrumento, além de ser higiênico para o músico.
 É essencial na limpeza uma flanela macia, limpa e seca. Também é importante o uso de uma escova específica para boquilhas/bocais.
  Alguns músicos optam por utilizar uma escova secadora que absorve a umidade do interior do instrumento, outros preferem utilizar uma ferramenta para secagem que consiste num lenço com uma tira comprida presa no seu centro e na outra extremidade da tira um peso que é utilizado para passar pelo interior do instrumento a fim de proceder sua secagem e limpeza.
  Após o uso, procure passar uma flanela macia por todo o instrumento, corpo e chaves, retirando todo vestígio de umidade e marcas de digitais para total limpeza do instrumento. É importante ter o cuidado de não deixar essa flanela enroscar nos mecanismos, a fim de evitar qualquer dano ao instrumento.

  Outro ponto importante na limpeza do instrumento é sempre lavar a boquilha/bocal após o uso. Para isso é bom utilizar uma escova cilíndrica com cabo, especifica para a limpeza de boquilhas/bocais. Também pode se usar sabão neutro ou gel dental em boquilhas.
   Para a limpeza das palhetas, lavar somente com água e secá-la cuidadosamente com um pano macio já é suficiente.

  Na limpeza de seu instrumento evite a utilização de polidores e outros produtos abrasivos, pois podem desgastar o acabamento do instrumento, seja ele laqueado, niquelado, prateado ou dourado. Alguns fabricantes sugerem a utilização de cera automotiva, para a limpeza, mas o ideal é evitar usar qualquer tipo de produto, substituindo tudo por uma flanela macia, limpa e seca.
   Procure manter a limpeza de seu instrumento como uma rotina. Dessa forma você estará com seu instrumento sempre limpo e bem cuidado, tornando sua atividade musical um grande prazer. A limpeza é mais que uma atividade higiênica, é também para que seu instrumento seja aproveitado melhor e corretamente.



 Se divirtam e toquem bastante!


9 de novembro de 2016

Duas vidas e uma História (parte 7)

9 de novembro de 2016
Duas vidas e uma História

Relato baseado em histórias reais.
Venho, por meio destes relatos, trazer uma luz e chamar a sua atenção sobre um assunto muito comum, mas que não deveria ser em nossa sociedade e realidade; a desigualdade.
Mostrarei a diferença entre os meios, caminhos e decisões de duas pessoas para chegar em seus objetivos.

Capítulo 4 - Eu desisto

Rio de Janeiro, 1998

...Meados de outubro...

 Luan: Pai... não consigo...
 Sr Antônio: Filho, se você quer isso então não desista.

  Após um ano e meio estudando sax com Carlos na igreja próxima de sua casa, Luan começa a querer voltar atrás com seu sonho.
  Carlos, ou Carlão do tenor como era conhecido, era professor de música da Igreja do Bairrinho a quase 5 anos no projeto "Música para todos".
  Este ano foi "meio" difícil para a família. Eduarda, irmã mais velha de Luan, ficou doente e seus pais gastaram muito com medicamentos. Seus pais o incentivavam, mas Luan estava vendo as dificuldades de sua família e queria fazer algo para ajudar. Pensou em largar os estudos para trabalhar. Foi repreendido por sua mãe, que lhe disse:
  "Filho, não desista de seu sonho. Ser músico é uma dádiva divina. Não jogue isso fora por causa de qualquer coisa. Você consegue ir mais além."
   
 Em novembro de 1999, Carlão do tenor diz a Luan que não poderia continuar com as aulas. Tudo que ele poderia ensinar para o menino, já o havia ensinado. Ele não queria enrolar Luan e deixar o menino preso a mais aulas que não iriam desenvolver sua musicalidade.
  Após uma semana sem as aulas do professor Carlos, Luan o encontra na rua de sua casa. Ele havia matriculado o menino em uma escola de música no Centro do Rio.

 Luan: Mas como vou pagar a escola professor? Meu pai não está ganhando muito e minha irmã ficou doente ano passado e ainda está fazendo tratamento.
  Carlão: Fique tranquilo Luan. Vamos para sua casa falar com seus pais.

 Após chegarem a casa de Luan, Carlão do tenor conta para Seu Antônio e Dona Maria que ele havia matriculado Luan em uma escola de música e que o menino ganhou uma bolsa especial. Luan teria de ir para o Centro do Rio 3 vezes por semana para estudar. A bolsa era de 100%, pois Carlão era amigo do dono da escola e conseguiu uma vaga para Luan.

 Carlão: Luan, você começa em janeiro. Se prepare, porque lá o estudo é mais puxado.

 Todos ficaram mudos, não sabiam o que dizer. Luan, chorando de felicidade, abraça seu professor em agradecimento.


Continua...


Autor: Maicon Andrade da Costa
Direitos reservados
Plágio é crime!

8 de novembro de 2016

Top 10 - Meus games favoritos

8 de novembro de 2016
1º The Legend of Zelda

2º Pokémon LeafGreen

3º Chronno Trigger

4º Pokémon Diamond

 5º Ragnarök

 6º Secret of Mana

7º Dota

8º Sonic

9º Super Mario Rpg

10º Donkey Kong



Bônus: Clash of Clans

7 de novembro de 2016

Mini Guia FireRed/LeafGreen: Ginásios/Gyms

7 de novembro de 2016
Este guia tem como intuito ajudar todos aqueles que não sabem por onde começar a sua equipe.
Lembrando que é uma dica, ou seja, minha opinião. Não é a única equipe que você poderá montar no jogo, são muitos bichinhos de bolso para montar sua equipe, varie a vontade.
E se divirta!


1° Ginásio
Líder: Brock
Pokes: Geodude lv 10 / Onix lv 12

Sua equipe:
Charmeleon lv 16 / Mankey lv 12
Squirtle lv 13
Bulbasaur lv 13

2° Ginásio
Líder: Misty
Pokes: Staryu lv 18 / Starmie lv 21.

Sua equipe:
Charmeleon lv 25 / Mankey lv 25 / Pikachu lv 25
Wartortle lv 25 / Pikachu lv 25
Ivysaur lv 25

3° Ginásio
Líder: Lt. Surge
Pokes: Pikachu lv 18 / Raichu lv 24 / Voltorb lv 21

Sua equipe:
Charmeleon lv 28 /Primeape lv 28 / Pikachu lv 28 / Diglett lv 26
Wartortle lv 28 / Pikachu lv 28 / Diglett lv 26
Ivysaur lv 28 / Diglett lv 26

Obs: Diglett e Charmeleon podem aprender HM01(Cut).
4° Ginásio
Líder: Erika
Pokes: Vileplume lv 29 / Victreebel lv 29 / Tangela lv 24

Sua equipe:
Charmeleon lv 34 / Primeape lv 33 / Pikachu lv 33 / Dugtrio lv 33
Wartortle lv 34 / Pikachu lv 33 / Dugtrio lv 33 / Vulpix lv 33 / Pidgeotto lv 33
Venusaur lv 34 / Dugtrio lv 33 / Vulpix lv 33 / Pidgeotto lv 33

Obs: Se você joga FireRed substitua o Vulpix por um Growlithe. 
Pidgey, Pidgeotto e Charizard podem aprender HM02(Fly).

5° Ginásio
Líder: Koga
Pokes: Muk lv 39 / Koffing lv 37 / Weezing lv 43 / Koffing lv 37

Sua equipe:
Charizard lv 40 /Primeape lv 40 / Pikachu lv 40 / Dugtrio lv 40 / Gyarados lv 35
Blastoise lv 40 / Pikachu lv 40 / Dugtrio lv 40 / Vulpix lv 40 / Pidgeot lv 40
Venusaur lv 40 / Dugtrio lv 40 / Vulpix lv 40 / Pidgeot lv 40 / Gyarados lv 35

Obs: Gyarados e Blastoise podem aprender HM03(Surf).
Primeape, Gyarados, Venusaur, Charizard e Blastoise podem aprender HM04(Strength).

6º Ginásio
Líder: Sabrina
Pokes: Venomoth lv 38 / Kadabra lv 38 / Alakazam lv 43 / Mr Mime lv 37

Sua equipe:
 Charizard lv 45 /Primeape lv 43 / Raichu lv 43 / Dugtrio lv 43 / Gyarados lv 43 / Gloom lv 38
Blastoise lv 45 / Raichu lv 43 / Dugtrio lv 43 / Ninetales lv 43 / Pidgeot lv 43 / Gloom 38
Venusaur lv 45 / Dugtrio lv 43 / Ninetales lv 43 / Pidgeot lv 43 / Gyarados lv43 / Kadabra lv 38

Obs: Se você joga a versão LeafGreen no lugar do Gloom coloque um Weepinbell.
Evolua o pikachu e vulpix no lv 41 , Growlithe no lv 49, Gloom no lv 44 eWeepinbell no lv 54
 Kadabra evolui para Alakazam através de troca, evolua a qualquer hora.

7º Ginásio
Líder: Blaine
Pokes: Growlithe lv 42 / Arcanine lv 47 / Ponyta lv 40 / Rapidash lv 42

Sua equipe:
 Charizard lv 50 /Primeape lv 50 / Raichu lv 50 / Dugtrio lv 48 / Gyarados lv 48 / Vileplume lv 50
Blastoise lv 48 / Raichu lv 50 / Dugtrio lv 48 / Ninetales lv 50 / Pidgeot lv 50 / Vileplume 50
Venusaur lv 50 / Dugtrio lv 48 / Ninetales lv 50 / Pidgeot lv 50 / Gyarados lv48 / Alakazam lv 50

8º Ginásio
 Líder: Giovanni
Pokes: Nidoqueen lv 44 / Nidoking lv 45 / Dugtrio lv 42 / Rhyhorn lv 45 / Rhydon lv 50


Sua equipe:
 Charizard lv 55 /Primeape lv 55 / Raichu lv 55 / Dugtrio lv 55 / Gyarados lv 53 / Vileplume lv 53
Blastoise lv 53 / Raichu lv 55 / Dugtrio lv 55 / Ninetales lv 55 / Pidgeot lv 55 / Vileplume 53
Venusaur lv 54 / Dugtrio lv 55 / Ninetales lv 55 / Pidgeot lv 55 / Gyarados lv 53 / Alakazam lv 53

Agora que você já tem as 8 Badges, hora de ir para a liga!
Lembre-se de deixar sua equipe com lv 59 ou maior, para não ter muitos problemas com a Elite Four.


Bom jogos à todos

6 de novembro de 2016

Só mais uma "estória" de pescador.

6 de novembro de 2016
 Juca passeava na cidade, quando encontra com seu compadre Joca...



Juca: Tarde cumpadi!
Joca: Tarde... quanto tempo cumpadi!
Juca: Cumpadi, ocê num vai creditá nu qui cunteceu cumigo onti.
Joca: Uai cumpadi. Diga u qui cunteceu.
Juca: Onti eu sai cedin pra caçar, divia ser umas 5 hora da manhã. Peguei minha ispingarda, meu facão e minha muchila e fui me indo pra mata.
Quando cheguei lá o dia já tava clariandu. Fui andanu quetin pra ninhum bichu me orvi. Du nada orvi um baruio, olhei pra trás pra vê o qui era. Ocê num cridita nu qui era.
Joca: O qui era cumpadi?
Juca: Era duas onça, duas onça cumpadi.
Joca: Nossa cumpadi Juca, o que ocê fez?
Juca: Cumpadi... fiz o qui era pricisu. Saquei a ispingarda e oiei pra ver a munição. Só tinha uma bala.
Joca: Intão cê correu delas?
Juca: Não cumpadi.
Eu peguei meu facão e infinquei ele nu chão. Mirei nele e atirei. A bala bateu nu facão, si dividiu in duas e cada metadi acertô uma onça. Matei as duas cum tiro só.
Fiquei tão filiz qui comecei pular e peguei uma pomba qui tava avuando ali perto.
Joca: Sorti dobrada cumpadi.
Juca: Tripla cumpadi. Puquê puxei meu facão e tinha um tatu nele.
Joca: Não sei o qui dizer cumpadi.
Juca: É estória viridica cumpadi.
Joca: Eu criditu cumpadi. Eu num sei o qui dizer puquê aconteceu igualzin cumigu semana passada. Só qui eu peguei foi dois tatu cumpadi.
Hehe
 
Espero que tenham gostado do texto.

Autor: Um pescador da minha escola.